Anedotas...Videos...Imagens

domingo, 21 de novembro de 2010

Enterro em Cuba


Em Cuba, toda a família se surpreendeu quando chegou de Miami o caixão com o cadáver de uma tia muito querida.
O corpo estava tão apertado no caixão que o rosto parecia colado no visor de cristal ....
Quando abriram este, encontraram uma carta presa na roupa com um alfinete, que dizia assim :
"Queridos pais: Estou enviando os restos de tia Josefa para que façam o seu enterro aí em Cuba, como era seu desejo.
Tenho muita pena de não poder acompanhá-la, mas vocês compreenderão que tive muitos gastos com todas as coisas que vos envio.
Dentro do caixão, por baixo do corpo, vão encontrar o seguinte :
- 12 latas de atum Bumble Bee
- 12 frascos de condicionador
- 12 de shampoo Paul Mitchell
- 12 frascos de Vaselina Intensive Care (muito boa para a pele. Mas não serve para cozinhar !!! )
- 12 tubos de pasta de dentes Crest
- 12 escovas de dentes
- 4 latas de chouriço El Miño.
Repartam sem brigas com a família !!!
Nos pés de tia estão um par de ténis Reebok novos, tamanho 39, para o Joselito (desta vez é para ele, pois com o cadáver do tio não se mandou nada para ele, e ele ficou amuado).
A tia está vestida com 10 camisolas Ralph Lauren. Uma é para o Pepito e os demais para os seus filhos e netos.
Leva também 12 soutiens Wonder Bra para dividirem entre as mulheres. Vão também 20 vernizes de unhas Revlon que estão nos cantos do caixão.
As três dezenas de calcinhas Victoria's Secret devem ser repartidas entre as minhas sobrinhas e primas.
A tia também está vestida com nove calças Docker's e 3 jeans Lee. Pai, fique com 3 e as outras são para os meninos.
O relógio suíço que o pai me pediu está no pulso esquerdo da tia. Ela ambém leva tudo o que a Mãe pediu - pulseiras, anéis, etc.
O colar que tia tem posto é para a prima Rebeca, e também os anéis que ela tem nos pés.
Os oito pares de meias Chanel que ela veste são para repartir entre as conhecidas e amigas ou, se quiserem, para as vender. Mas por favor, não briguem por causa destas coisas.
A dentadura que pusemos na tia é para o Avô, que apesar de não ter muito que mastigar, com ela sempre se dará melhor (que ele a use, custou caro).
Os óculos bifocais são para o Alfredito, pois são do mesmo grau que ele precisa.
Os aparelhos para surdez que ela tem nos ouvidos são para a Carola. Não são exatamente aqueles de que ela necessita, mas que os use mesmo assim, porque são caríssimos!
Os olhos da tia não são os dela, são de vidro. Tirem-nos e nas órbitas vão encontrar a corrente de ouro para o Gustavo e o anel de brilhantes para o casamento da Katiuska.
A peruca platinada, com reflexos dourados, que a tia usa também é para a Katiuska, que vai brilhar, linda, no seu casamento !!!
Com amor, vossa filha Carmencita.

PS 1 - Por favor arranjem uma roupinha decente para vestir a tia para o enterro e mandem rezar uma missa pelo descanso de sua alma, pois realmente ela ajudou, mesmo depois de morta. Como vocês repararam o caixão é de madeira boa (não entra caruncho). Podem desmontá-lo e fazer os pés da cama da mãe e outros consertos em casa. O vidro do caixão serve para fazer uma moldura para a fotografia da Avó que está, há anos, a precisar de uma nova. Com o forro do caixão, que é de cetim branco (US$ 20,99 o metro), a Katiuska pode fazer o seu vestido de noiva. Na alegria destes presentes, não esqueçam de vestir a tia para o enterro ! ! !

PS 2 - Com o desgosto da morte de tia Josefa, a tia Bianca ficou doente. Façam os pedidos com moderação ! Bicicletas não cabem nem desmontadas e de carburador de Niva, modelo 1968, aqui ninguém ouviu falar !!!
Com amor, Carmencita.

Manual de Tias!!!! ;)

Escola:
Qual é a
diferença entre uma tia burra e uma tia inteligente?
É que a tia burra passa para o caderno o que a professora escreve no quadro, mas quando a professora apaga ela apaga também. A tia inteligente não passa, porque já sabe que a professora vai apagar.



Pão:
P: Qual é a diferen
ça entre um pão e uma tia?
R: O pão tem miolo!



Teste de gravidez:

Bom dia, doutor! Pode dar-me o resultado do meu teste de gravidez? -
Negativo! - Responde calmamente o médico.
A tia furiosa:

- Ah, é?! Então vou consultar outro médico!




Conta-quilómetros:
Uma tia queria vender o seu carro velho ma s tinha muitas difi culdades porque o mostrador acusava 250.00 0 Km. Após muito reflectir, ela decide pedir um conselho a uma amiga, que lhe perguntou:
- Estás pronta pa
ra fazer algo ilegal?
- Sim! - Respondeu a tia - Quero vendê
-lo, custe o que custar! -
Então, vais ter co
m o meu amigo que é mecânico. Ele vai colocar o te ucontador de quilómetros em 50.000 Km.
A tia vai ao tal me
cânico e este coloca de novo o contador em 50. 000 Km.
Alguns dias mais t
arde, a amiga pergunta à tia:
- Vendeste o car
ro?
- Estás doida? A
gora que ele só tem 50.000 Km, fico com ele!



Sapatos de tia:

Uma tia foi ao centro comercial comprar um par de sapatos de jacaré legítimo. O vendedor inform ou-a do preço:
- São 500 euros
!
- O quê? Não é possível... Não há outra maneira de conseguir um pa r de sapatos de jacaré legitimo?.
- Humm, acho que
sim... - respondeu o vendedor - Eu conheço um p arque aqui perto onde há alguns jacarés. A senhora pode ir até lá caçar um deles e fica com o seu próprio sapato!
A tia , decidida, di
sse que iria até ao tal parque caçar os jacarés para conseguir sapatos legítimos!
No início, o ven
dedor não acreditou, mas resolveu ir ao pa rque verificar se ela estava por lá.
Quando chegou, viu a tia dentro do pântano, a dar um
tiro num jacaré enorme e arrastando-o até à ma rgem, onde estavam mais ou menos uma dúzia de jacarés mortos.
Espantado, sem acreditar no que estava a ver, o ve
ndedor viu a caçadora tia com muita dificuldade em tirar o jacaré morto da água e exclamar, com cara de decepção:
- Mas que porcaria! Outro sem sapatos!




Roubo:

Uma tia liga para o 112 para participar um assa lto ao seu carro.
Completamente histérica gritava:
- Roubaram-me o ta
blier, o volante, o travão, até o acelerador levaram!
- Calma - diz a voz
do outro lado - dentro de 5 minutos estará aí um agente da PSP.
Ainda não tinham p
assado 2 minutos, a tia liga novamente e diz: - Olhe, deixe estar! Afinal sente i-me no banco de trás por engano...



Amostra:

Uma tia foi fazer e
xame de fezes e colocou a latinha com o conteúdo e m cima do balcão. A recepcionista disse-lhe:
- Pode colocar o no
me, por favor?
A tia não hesito
u e escreveu: 'BOSTA'.



Um olho:


Duas tias passeiam num parque quando uma diz:
- Oh! Olha para a

quele cão só com

um olho!


A outra, tapando um olho com a mão, pergunta:


-Onde? Onde?






Joãozinho e a mosca...


A professora estava tranquilamente a dar aulas quando reparou que o menino Joãozinho esticava o polegar e uma mosca poisava nele.

Passado dois ou três minutos o Joãozinho tornou a fazer a mesma coisa.
«Danado do miúdo como ele consegue fazer aquilo», pensou intrigada a professora.

Uma e outra vez a operação se repetiu até que a professora, disfarçadamente, tentou imitar o garoto esticando o indicador da mão direita.
Logo o Joãozinho gritou a plenos pulmões:

- «Professora, se não meter primeiro o dedo no cú não funciona».

Dor de cabeça infernal!!!


Um tipo que sofria de uma dor de cabeça crónica infernal foi ao médico que,
depois dos exames da praxe, lhe disse:
- 'Meu caro, tenho uma boa e outra má notícia. A boa, é que posso curá-lo
dessa dor de cabeça para sempre. A má notícia é que para fazer isso eu
preciso castrá-lo!
Os seus testículos estão pressionando a espinha, e essa pressão provoca uma
dor de cabeça infernal.Para aliviar o sofrimento, preciso removê-los'.
O tipo levou um choque, e caiu em depressão.Passou dias meditando.
Indagava se havia alguma coisa pela qual valesse a pena viver.
Não teve outra escolha a não ser submeter-se à vontade do bisturi.
Quando deixou o hospital, pela primeira vez, depois de 20 anos, não sentia
dor de cabeça.No entanto, percebeu que uma parte importante de seu corpo
estava faltando.
Enquanto caminhava pelas ruas notou que era um homem diferente, e que
poderia ter um novo começo.
Avistou uma loja de roupas masculinas de classe e ...
- 'É disto que eu preciso', disse para si mesmo.
- 'Quero um fato novo', pediu ao vendedor.
O vendedor, alfaiate de idade avançada, deu uma olhadela, e falou:
- 'Vejamos... é um 44 longo'.
O tipo riu:
- 'É isso mesmo, como é que o senhor soube?'
- 'Estou no ramo há mais de 60 anos', respondeu o alfaiate.
Experimentou o fato, que lhe caiu muito bem. Enquanto se admirava no
espelho, o alfaiate perguntou:
- 'Que tal uma camisa nova?'
Ele pensou por alguns instantes:
-'Claro'.
O alfaiate olhou e disse: -
'34 de manga, e 16 de pescoço' .
E ele pasmado:
- 'Mas, é isso mesmo, como pôde adivinhar?'
-'Estou no ramo há mais de sessenta anos', disse.
Experimentou a camisa e ficou satisfeito.
Enquanto andava pela loja, o alfaiate sugeriu-lhe:
- 'Que tal uma cueca nova?'
- 'Claro'.
O alfaiate olhou seus quadris, e disse:
- 'Vejamos... Acho que é 36'.
O gajo soltou uma gargalhada.
- 'Desta vez, enganou-se. Uso o tamanho 34 desde os 18 anos de idade'.
O alfaiate sacudiu a cabeça:
- Você não deve usar 34. O tamanho 34 pressiona-lhe os testículos contra a
espinha, e essa pressão vai provocar-lhe uma dor de cabeça infernal.

O Amante


O céu estava a ficar a abarrotar, então São Pedro resolveu fazer um decreto:


' Para entrar no céu a pessoa deveria ter passado por um dia terrível no dia da sua morte'.

O decreto entrou em vigor imediatamente.


Então, quando a 1ª pessoa chegou, São Pedro perguntou:


- Como foi o seu dia, como é que você morreu?


- Já há muito tempo que eu andava desconfiado que a Minha mulher me punha os cornos...

Então, resolvi voltar para casa mais cedo e apanhá-la em flagrante. Quando cheguei ao meu apartamento, que fica no 25º andar, minha mulher estava enrolada numa toalha, muito nervosa, e agindo de uma forma suspeita..

Comecei a procurar em todos os cantos da casa debaixo da cama, dentro do guarda-roupa, etc. mas não encontrei ninguém. Eu já estava para desistir de procurar, quando olhei para a varanda e vi um artista pendurado no corrimão.

Transtornado, peguei na vassoura e comecei a bater nas mão dele, até que ele se soltou e caiu do 25º andar. Mas por infelicidade minha, ele caiu sobre um toldo que amorteceu a queda e não morreu. Fiquei com tanta raiva que peguei no que tinha de mais pesado dentro de casa, que era o frigorífrico, e atirei-o em cima dele. Só que eu emocionei-me tanto que tive um ataque do coração e morri.


-Realmente o seu dia foi terrível! disse São Pedro: pode entrar!


Cinco minutos depois chegou o 2º candidato à entrada ao céu.
E São Pedro perguntou:

- Como foi o seu dia, como é que você morreu?

- Bem, eu estava a fazer os meus exercícios diários na varanda do meu apartamento, no 26º andar, quando escorreguei e caí.

Por sorte, consegui segurar-me ao corrimão do apartamento abaixo do meu (25º andar). Já estava quase a conseguir levantar-me, quando apareceu uma mulher enrolada numa toalha e um maluco começou a bater nas minhas mãos com um cabo de vassoura, então cai. Mas como um toldo amorteceu a minha queda, não morri. E lá estava eu todo dorido tentando levantar-me, quando o mesmo maluco atirou um frigorífrico em cima de mim.

São Pedro começou a rir e disse:

- Já entendi tudo. Pode entrar!


"O Amante"

Depois de mais cinco minutos, chegou o 3º candidato. E como de costume, São Pedro perguntou-lhe:

- Como foi o seu dia, como é que você morreu?

E o rapaz meio tonto respondeu:

- Olhe, o senhor nem vai acreditar... eu estava todo nu dentro de um frigorífico, e até agora não percebi o que me aconteceu


Altas horas da madrugada, um casal acorda ao som insistente da campainha da porta.
O dono da casa levanta-se e, pela janela, pergunta:
- O que é que você quer?
- Olá. Eu sei que é tarde. Mas preciso que alguém me empurre. A sua casa é a única nesta região.
Só você me pode empurrar!
Louco de todo, o recém-acordado replica:
- Eu não o conheço. São 4 horas da madrugada e pede-me para o ajudar?
Ah!, Vá é cagar! Você está bêbado. E volta para a cama. A mulher, que também acordara,
não gostou da atitude do marido:
- Exageraste! Já ficaste sem bateria aqui há pouco tempo. Bem podias ter ajudado o indivíduo.
- Empurrá-lo? Ele está é bêbado - desculpa-se o marido.
- Mais um motivo para o ajudares insiste a mulher. - Ele não vai conseguir andar sozinho.
Logo tu, que sempre és tão prestável...
Mordido pelos remorsos, o marido veste-se e vai para a rua:
- Hei, eu vou te ajudar! Onde é que estás?
E o bêbado, gritando do fundo do jardim:
- Aqui, no baloiço! ...

Decida-se Mulher!!!!!!


No Intercidades Lisboa-Faro viajava uma bela mulher, com um bebé ao
colo.

Em frente dela vai sentado um sujeito.

Subitamente o bebé começa a chorar. A mulher tira o peito para fora e
dá de mamar à criança.
Contudo, ela continua a chorar e a mulher diz-lhe:
- Meu filho, chupa, senão dou a maminha a este senhor!

Então o bebé adormece, mas quinze minutos depois volta a rebentar em choro
e a cena repete-se:
- Meu filho, chupa, senão dou a maminha a este senhor!

Faltava já pouco para chegarem a Faro e mais uma vez a pobre mãe
repete o acto e a frase.

De repente o indivíduo levanta-se e grita para a mulher:
- Porra, minha senhora.... Veja lá se o puto se decide porque eu já
devia ter saído em Messines!!!

Humor informático...


- Help desk assistência, posso ajudar?
- Sim, bem.... estou tendo problema com o Word.

- Que tipo de problema?

- Bem, eu estava digitando e, de repente, todas as palavras sumiram.

- Sumiram?

- Elas desapareceram. Nada.

- Nada?

- Está preta. Não aceita nada que eu digite.

- Você ainda está no Word ou já saiu?

-
Como posso saber?
- Você vê o Prompt C: na tela?

- O que é esse 'promete-se' ?

- Esquece. Você consegue mover o cursor pela tela?

- Não há cursor algum. Eu te disse, ele não aceita nada que eu digite.

- Seu monitor tem um indicador de força?

- O que é monitor?
- É essa tela que parece com uma TV. Ele tem uma luzinha que diz quando está ligado?

- Não sei.
- Bom, olhe atrás do monitor, então veja aonde está ligado o cabo de força. Você consegue fazer isso?

- Acho que sim.

- Ótimo. Siga para aonde vai o cabo e me diga se ele está na tomada.

- Tá sim.

- Atrás do monitor, você reparou que existem dois cabos?

- Não.

- Bom, eles estão aí. Preciso que você olhe e ache o outro cabo.

- Ok, achei..

- Siga-o e veja se ele está bem conectado na parte traseira do computador.

- Não alcanço!

- Hum. Você consegue ver se está?

- Não.

- Mesmo se você ajoelhar ou se debruçar sobre ele?

-
Ah, não, tá muito escuro aqui!
- Escuro?

- Sim, a luz do escritório tá desligada, e a única luz que eu tenho vem da janela, lá do outro lado.

- Bom, acenda a luz então!

- Não posso.

- Por que não?

- Porque estamos sem energia.
- Estão.... sem energia...?? ? Ah! ok, descobrimos o problema agora! Você ainda tem a caixa de papelão e os manuais que vieram com o seu micro?

- Sim, estão no armário.

- Bom! Então, você desconecta o seu sistema, pega tudo, empacota e leva de volta para a loja.

- Sério?? O problema é tão grave assim?

-
Sim, temo que seja.
- Bom, então tá. E o que eu digo na loja?

- Diga que você é BURRO demais pra ter um computador!!!

Fuzileiros em sintonia :)